Sábado, 12 de Junho de 2021 11:28
75 98891-2472
Dólar comercial R$ 5,12 1.12%
Euro R$ 6,2 +0.6%
Peso Argentino R$ 0,05 +1.08%
Bitcoin R$ 194.024,87 -3.724%
Bovespa 129.441,03 pontos -0.49%
Economia Economia

Veja o calendário do 13º de aposentados e pensionistas do INSS

Primeira parcela será paga junto com os benefícios de 25 de maio a 8 de junho; e a segunda, de 24 de junho a 7 de julho

06/05/2021 03h05
Por: Redação Fonte: R7
Pagamento antecipado do 13º salário começa junto com o benefício de maio - (Foto: Reprodução/INSS)
Pagamento antecipado do 13º salário começa junto com o benefício de maio - (Foto: Reprodução/INSS)

O adiantamento do 13º salário aos beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) vai começar a ser pago junto com o pagamento deste mês. O abono terá duas parcelas. 

A primeira, que corresponde a 50% do valor pago ao segurado no mês de maio de 2021, será depositada juntamente com os benefícios – de 25 de maio a 8 de junho.

Já a segunda parcela, com cobrança de impostos, será paga junto com os benefícios da competência do mês de junho de 2021 – de 24 de junho a 7 de julho. Em geral, o pagamento ocorre nas competências agosto e novembro.

Aposentados e pensionistas, em maioria, receberão 50% do valor do benefício em maio. A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro. Neste caso, o valor será calculado proporcionalmente.

Os segurados que recebem benefício por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença) também têm direito a uma parcela menor do que os 50%. Nesse caso, a antecipação é calculada de acordo com o tempo de duração do benefício.

Por lei, não têm direito ao 13º salário os segurados que recebem benefícios assistenciais. Por isso, o número de benefícios com o 13º salário é menor do que o número total de benefícios pagos pelo INSS.

Veja calendário de pagamento
</span> <span class=Reprodução/INSS" width="1000" />
Reprodução/INSS - (Foto: Reprodução/INSS)

Quem ganha até um salário-mínimo terá a primeira parcela liberada no período de 25 de maio a 8 de junho, de acordo com o último número do benefício, desconsiderando o dígito.

Já os segurados com benefícios de valores acima do mínimo, receberão de 1º a 8 de junho. A segunda parcela do abono anual será liberada junto com a folha de junho – paga de 24 de junho a 7 de julho.

Decreto

O decreto que regulamenta a antecipação foi publicado nesta quarta-feira (5), no Diário Oficial da União. Segundo o secretário de Previdência, Narlon Nogueira, “a medida é muito relevante pois permite injetar na economia cerca de R$ 52,7 bilhões, favorecendo o processo de recuperação econômica, e, ao mesmo tempo, antecipar a renda aos beneficiários da Previdência Social neste momento de enfrentamento da pandemia”.

A medida não tem impacto orçamentário, já que haverá somente a antecipação do pagamento do benefício, sem acréscimo na despesa prevista para o ano.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. 20° Máx. 32°

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (13/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens
Segunda (14/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 31°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias