Domingo, 24 de Outubro de 2021
22°

Poucas nuvens

Paulo Afonso - BA

Cidades GLORIA-BA

MPE de Paulo Afonso deverá investigar Vereador por suspeita de Fraude Eleitoral diz. MPF(E).

A decisão que arquiva processo de impugnação determina abertura para apuração de fraude.

11/07/2021 às 15h13 Atualizada em 11/07/2021 às 15h43
Por: Redação Fonte: D4
Compartilhe:
Câmara de Gloria-Ba,
Câmara de Gloria-Ba,

Após a morosidade do Ministério Público Eleitoral em Paulo Afonso, que após diversas provocações submeteu ao Ministério Público Federal para analise o caso que envolve o vereador de Gloria-BA, Gilmar Pereira Araújo (PP), o promotor eleitoral Claudio Gusmão em seu relatório nega provimento ao recurso de impugnação de candidatura, devido ao prazos legais terem sido exauridos.

O Promotor em seu despacho  Determina que o MPE (E) analise abertura de investigação para apurar a suspeita de crime eleitoral (artigo 350 do código eleitoral).

Resta saber se o Ministério Público Eleitoral em Paulo Afonso tomara medidas enérgicas quanto a apuração ou continuará em passos de tartaruga.

 ENTENDENDO O PROCESSO

Vereador foi condenado em 1a e 2a instancia e mantido condenação pelo STJ, com redução de pena, em uma operação conhecida por BENEVICIO, que apurava desvios de dinheiro do INSS, vários condenados cumpriram pena, sendo o vereador e mais três que recorreram há varias instancias superiores.

O Vereador conseguiu tirar as certidões para participar do pleito, em virtude de constar seu processo em segredo de justiça.

Chama atenção o fato da justiça federal ter mantido em segredo de justiça, após as condenações.

Chama atenção que uma das certidões foi tirado por um técnico do Judiciário em Vitoria da Conquista-BA, 800 KM distancia, quando poderia ser tirado em Paulo Afonso a 5KM de Gloria-BA.

Chama a atenção o vereador não ter informado a justiça que houve a condenação, gerando suspeita de fraude eleitoral.

Chama atenção o Promotor eleitoral (MPE) ter arquivado processo sem dar conhecimento ao noticiante.

Apos cobrança o  processo foi desarquivado por outro promotor e enviado para parecer do MPF.

MPF (E) de maneira eficiente pede arquivamento por não existir mais prazo para impugnação, porem determina apuração por fraude eleitoral, (artigo 350 do código eleitoral).

Lembrando o saudoso Ruy Barbosa:

“’ A Justiça atrasada não é justiça; senão injustiça qualificada e manifesta.”

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Glória - BA
Sobre o município
Paulo Afonso - BA Atualizado às 06h08 - Fonte: ClimaTempo
22°
Poucas nuvens

Mín. 22° Máx. 36°

Seg 35°C 20°C
Ter 34°C 20°C
Qua 33°C 20°C
Qui 29°C 20°C
Sex 32°C 19°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias