Terça, 25 de Janeiro de 2022
37°

Nuvens esparsas

Paulo Afonso - BA

Senado Federal Senado Federal

CAS aprova mutirões terapêuticos para atender pessoas com deficiência

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou nesta terça-feira (7) projeto que determina ao governo a realização periódica de mutirões de atendimen...

07/12/2021 às 13h05
Por: Redação Fonte: Agência Senado
Compartilhe:
Relator, Lucas Barreto afirmou que o projeto tem custo baixo e une tradição cultural à efetivação de uma política pública - Edilson Rodrigues/Agência Senado
Relator, Lucas Barreto afirmou que o projeto tem custo baixo e une tradição cultural à efetivação de uma política pública - Edilson Rodrigues/Agência Senado

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou nesta terça-feira (7) projeto que determina ao governo a realização periódica de mutirões de atendimento terapêutico multidisciplinar às pessoas com deficiência (PCDs). O PL 2.868/2019 já passou na Câmara dos Deputados e segue agora em regime de urgência ao Plenário do Senado.

Os mutirões devem ser feitos em espaços públicos e conter ações multiprofissionais, interdisciplinares e intersetoriais para proporcionar desenvolvimento e respostas clínicas aos PCDs. O relator, Lucas Barreto (PSD-AM) elogiou o projeto por ser de "custo baixíssimo"  e por juntar uma tradição cultural à efetivação de uma política pública.

— A ideia de mutirão chega até nós vinda das origens da nossa sociedade. A prática foi introduzida no século XVI e nunca mais deixou de ser utilizada pelas populações cuja pobreza não inibiu suas ambições de uma vida melhor. Desde então, o expediente jamais foi abandonado, seja na zona rural, de onde provém, para os tratos necessários a terras extensas, seja nas cidades, onde as populações suburbanas dele se valem constantemente para a solução de problemas pontuais de membros da comunidade de vizinhança — afirmou.  

Na justificativa, o autor do projeto, deputado licenciado Fabio Faria (atual ministro das Comunicações), cita dados do IBGE, segundo os quais quase 24% da população brasileira é composta por pessoas que possuem algum tipo de deficiência. "É notório que essas pessoas enfrentam a falta de acesso a profissionais capacitados a atendê-las adequadamente e em tempo razoável. O tratamento tardio dos PCDs é uma barreira ao desenvolvimento de capacidades, habilidades e competências, impedindo a independência desses indivíduos, comprometendo suas reais chances de plena inserção social", defende.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Paulo Afonso - BA Atualizado às 16h42 - Fonte: ClimaTempo
37°
Nuvens esparsas

Mín. 23° Máx. 36°

Qua 36°C 21°C
Qui 36°C 21°C
Sex 36°C 22°C
Sáb 36°C 23°C
Dom 34°C 23°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias