Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Comissão aprova proposta que regulamenta publicação de obras na internet sem autorização do autor

Billy Boss/Câmara dos Deputados Maria do Rosário: proposta permitirá um maior florescimento da produção cultural A Comissão de Cultura da Câmara ...

12/05/2022 às 17h40
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
Maria do Rosário: proposta permitirá um maior florescimento da produção cultural - (Foto: Billy Boss/Câmara dos Deputados)
Maria do Rosário: proposta permitirá um maior florescimento da produção cultural - (Foto: Billy Boss/Câmara dos Deputados)

A Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 2370/19, que garante ao titular dos direitos sobre obra a possibilidade de notificar o provedor de internet extrajudicialmente, exigindo a remoção do conteúdo divulgado indevidamente ou o pagamento de uma quantia, ainda que a disponibilização tenha sido feita por terceiro.

O texto aprovado foi um substitutivo da relatora, deputada Maria do Rosário (PT-RS), ao projeto da deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) que altera a Lei dos Direitos Autorais.

A principal mudança feita pela relatora foi para incluir a possibilidade de se recorrer a métodos extrajudiciais de solução de controvérsias, como mediação e arbitragem, em disputas entre usuários e titulares de direitos autorais.

Essa previsão já consta na lei atual, no entanto não estava expressa no projeto de Feghali. Maria do Rosário acredita que a alteração “evita possíveis controvérsias sobre a pretendida expansão do uso de métodos extrajudiciais de conflitos”.

Estímulo à cultura
A relatora defendeu que a atualização da lei vai servir de estímulo ao setor cultural. “Para além de estimular a criação de empregos e renda, a atualização legislativa permitirá um maior florescimento da já tão rica e diversa produção cultural, literária, musical e científica que uma justa proteção dos direitos autorais pode proporcionar”, sustentou a deputada.

Também foram aprovados os projetos PL 3035/19 e  PL 1672/21, apensados ao principal.

Tramitação
O projeto será analisado agora pelas comissões de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; Finanças e Tributação; e Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois seguirá para o Plenário da Câmara.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias