Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Cidades GLORIA-BA

Os Bastidores da Política na Região.

Briga em distrito, calote, salários vultosos.

13/05/2022 às 16h08 Atualizada em 13/05/2022 às 18h55
Por: Redação Fonte: D4
Compartilhe:
Inercia dos vereadores revoltam a população - Foto D4Noticias
Inercia dos vereadores revoltam a população - Foto D4Noticias

LAVANDO A ROUPA SUJA NO JUA

Presidente do PSC informa população que a agua disponibilizada não e doação de político, “Eu quero dizer para a comunidade do Juá, que nenhum pipa desse, nenhum trator desse tá entregando água de graça não, e vereador nenhum tá mandando botar água na casa de ninguém de graça, a prefeitura paga…vamos ser honestos, vamos acabar com essa hipocrisia…” Nilton Oliveira (Presidente do PSC)

“Olha Nilton, eu lhe conheço, você me conhece, você é o meu presidente de partido, o PSC, mas além de meu presidente Nilton, você é um mentiroso. Você está mentindo Nilton, você sabe que é mentira. Se você dissesse – nós vamos pagar, eu estaria alegre porque você ia me pagar mais de 10 anos que eu presto esse serviço para minha comunidade.” Zé de Abel (PSC) Vereador que alardeia servir a comunidade de graça.

OAG EM GLORIA (OBRIGADO AMIGO GENRO)

A OAS uma das maiores construtoras do país era conhecida pelo sogro do engenheiro Matta Pires, o ex-senador Antônio Carlos Magalhaes a sigla era parodiada como (Obrigado Amigo Sogro) numa clara alusão as relações familiares e comerciais.

Em Gloria a população está também parodiando a sigla e criaram a OAG, isso porque no TCM dos municípios consta que no mês de Marco/2022, o sogro do prefeito Davi Cavalcanti (PP) que possui o cargo de Assessor Especial Chefe recebeu entre salário base (3.847,55) e vantagens (17.314,00) no total de R$21.161,55.

CALOTE DOS AGENTES DE SAUDE

Ainda transitando no Ministério Publico processo que investiga a ex-prefeita Ena Vilma Negromonte sob suspeita de apropriação indébita, ela recebia dinheiro do governo federal para pagar os salários dos agentes de saúde e endemias e pagava parcial, o procurador do município demorou quatro anos para responder ao ministério público, precisou ser ameaçado de prisão para responder, agora é aguardar pra ver o resultado.

CALOTE CONTINUA

Enquanto isso o prefeito ainda não pagou os precatórios devidos de ações judiciais transitadas em julgadas, em uma dessas ações a reclamante está há mais de dez anos esperando para receber, com a palavra o Tribunal de Justiça da Bahia.

 

CÂMARA DE VEREADORES

Na Câmara os vereadores da base governista em Gloria, entram mudo e saem calado, quando o assunto são os desmandos praticados na atual gestão, contas reprovadas em 2018 e 2019, tiveram a coragem de aprovar as contas de 2018 do prefeito contrariando o parecer do TCM. Até agora não explicaram a população como convivem com um colega que sofre ação de execução fiscal por desvio de dinheiro na própria câmara.

VOCÊ SABIA?

Que toda a receita produzida pela cidade de Gloria Bahia atinge o montante de R$2.380.318,63 e que esse valor é quase o que consome a câmara de vereadores e secretários, os valores restantes são todos subsídios do governo federal e estadual, pobre Gloria.

 

Receita Própria do Município:

R$ 2.380.318,63 *

Transferência de Recursos:

R$ 57.366.970,37 *

Receita Total (Própria + Tranferências):

R$ 59.747.289,00 *

Gastos com Saúde:

R$ 7.327.146,24 *

Gastos com Educação:

R$ 13.370.163,14 *

 GASTOS COM PUBLICIDADES

Aumentou os gastos com publicidades, empresa que faturou R$616.000,00 em publicidade está em nome de uma servidora da prefeitura de Paulo Afonso, seu salário na prefeitura é de um salário mínimo.

JOSE NILSON X DAVI CAVALCANTI

O crescimento da popularidade de Jose Nilson (PP) vice-prefeito tem irritado o prefeito Davi Cavalcanti (PP), que tem afastado alguns aliados do vice, no intuito de enfraquece-lo, Jose Nilson continua em silencio, esperando as definições para as próximas eleições, quem o conhece sabe que ele não vai abrir mão da sua candidatura.

FESTAS EM GLORIA LEMBRA ERA ROMANA

A política do Pão e circo (panem et circenses, no original em Latim) como ficou conhecida, era o modo com o qual os líderes romanos lidavam com a população em geral, para mantê-la fiel à ordem estabelecida e conquistar o seu apoio.

Em Gloria, as festas anunciadas com muita pompa, lembra a época do império romano, o povo esquece suas mazelas e agora só pensam em comer e divertir, alguns após a perda de entes queridos por falta de assistência adequada devem se eximir.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias