Segunda, 21 de Setembro de 2020 15:31
75 98891-2472
Cidades ONGS

Atuação de ONG é suspeita de Irregularidades em Paulo Afonso.

Inumeros projetos na regiao Norte, foram fadados ao insucesso, a maioria delas estavam sob supervisão de ONGS, que nao sao passiveis de fiscalizacao.

23/08/2020 23h53
Por: Redação Fonte: D4
Grande parte de recursos vem de governos que possuem fiscalização ineficiente - Foto - Rede Sociais
Grande parte de recursos vem de governos que possuem fiscalização ineficiente - Foto - Rede Sociais

Em 2006, relatório de CPI no Senado concluiu que são três os principais problemas nos convênios entre o governo e as entidades: falta de critérios claros de escolha das organizações favorecidas, desvio de finalidade na execução dos contratos e ausência de fiscalização sobre os convênios. Todos continuam até hoje existindo.

Em Paulo Afonso, existe uma suspeita sobre  eficácia de uma ONG, que vem atuando junto ao governo do Estado da Bahia em inúmeros convênios que levantam suspeita de resultados pífios, e serve apenas para monitorar as zonas rurais politicamente, está na hora de se criar uma CPI para analisar a atuação, pois segundo fontes a mesma vem atuando como cabo eleitoral, essa suspeita tem sido levantada após representantes terem  participado de Lives de um pré-candidato a prefeito envolvido em inúmeros desvios de verbas na cidade dentre eles no transporte escolar segundo relatório da CGU são mais de R$10 milhões de reais.

Para um vereador que pediu anonimato, se o Ministério Publico puxar a linha virá um novelo, os inúmeros projetos junto as associações na região sob supervisão dessa entidade e o desastre de resultados é de fazer corar santo, segundo ele não justifica tanto dinheiro liberado, é só Aghendar uma inspeção, complementa indignado.

As entidades não são obrigadas por lei a prestar contas, embora os órgãos públicos normalmente façam essa exigência ao firmar contratos. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias