Sexta, 25 de Setembro de 2020 06:15
75 98891-2472
Entretenimento BANHEIRA DO GUGU

Aos 48, Luiza Ambiel muda imagem e troca o biquíni por looks sóbrios: ‘Não é mais minha pegada explorar o corpo’

Após ver um maior engajamento em seu perfil no Instagram, ela começou a despertar o interesse de marcas para mulheres acima dos 40 anos.

01/09/2020 18h14
Por: Redação
Aos 48, Luiza Ambiel muda imagem e troca o biquíni por looks sóbrios
Aos 48, Luiza Ambiel muda imagem e troca o biquíni por looks sóbrios

Quem minimamente é observador deve ter reparado que Luiza Ambiel está diferente. Não só pela rinoplastia que fez há pouco mais de um mês. Mas pela mudança na imagem de eterna garota da banheira. “Não saí da banheira como quem sai do armário. Ela está na minha vida e sou grata por tudo que me proporcionou e proporciona. Mas ela é meu trabalho no meu canal. Nas minhas redes estou mostrando a Luiza de verdade. Uma mulher de 48 anos, que pode ser bonita e sensual, com classe e que ajuda outras mulheres a se verem assim”, diz.

Uma Luiza com muita roupa, diga-se de passagem. Após ver um maior engajamento em seu perfil no Instagram, ela começou a despertar o interesse de marcas para mulheres acima dos 40 anos. E abraçou de novo a vida de modelo. "Decidi investir e tem uma pessoa que está cuidando junto comigo. Eu olhava para meu perfil e tinha algo que me incomodava e percebi que gosto de ver perfis bem cuidados. E deu supercerto. Na minha vida pessoal, sempre estou mais elegante e sóbria. E percebi que as mulheres passaram a me olhar diferente também", justifica.

Meditação contra ansiedade

Com quase 115 mil seguidores, Luiza agora tem um rol de mulheres que se espelham nela. "Fiz a cirurgia e fiquei com uma autoestima melhor", conta. Não foi somente a rinoplastia. Durante a fase de isolamento social, Luiza se viu no meio de um transtorno de ansiedade e procurou ajuda médica. Uma das recomendações foi recorrer à meditação. "Faço todos os dias às 6h e às 20h seguindo as lives do Tadashi Kadomoto. Isso me deu muito equilíbrio e automaticamente isso me fez escolher os alimentos certos, beber mais água e agir com calma", descreve: "Hoje não ajo mais como uma menininha. Sei que uma mulher de 48 anos pode ser charmosa, linda e estou me sentindo muito bem comigo, me gostando mais".

Ela diz que não renunciou aos cliques mais ousados, porém, depende. "Tenho clientes que fabricam lingerie. Não digo que não faça ou critico quem faz. Mas senti que fico bonita sem o decote e sem a barriga de fora também. Ainda mais para quem trabalhou de biquíni a vida toda. Percebo que hoje fico tão bonita quanto se eu coloco um vestidão. Eu acho que não é mais a minha pegada essa coisa de explorar o corpo. Acho ele bonito. Madura, estou mais cheinha, com curvas. Não tenho mais necessidade de provar nada sobre mim", observa.

Agarrada à banheira

Luiza faz uma reflexão e compara o atual momento com os anos de "Banheira do Gugu". "Só saio da bamheira no dia em que olhar para aquilo e ver que não está mais me acresecentando nada. Ainda me dá retorno financeiro, tenho patrocinadores, consigo ajudar as pessoas que trabalham comigo. Através da banheira eu consigo empregar pessoas e isso é muito importante. E por isso continuo. Estarei lá com 60, 90, agarrada à ela", avalia.

A fase nova, ela diz, trouxe mais fãs, mas não um novo amor. Ainda. "Eu fiquei confinada num reality, depois veio a quarentena, o nariz... Então, não tive muito tempo para isso. Mas acredito que na hora certa, aparece, acontece. Meu coração está em paz", garante.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias