Sábado, 05 de Dezembro de 2020 15:26
75 98891-2472
Esportes Liga dos Campeões

Sem Neymar e Mbappe, PSG perde do RB Leipzig e se complica.

A situação do PSG só não é pior porque o Istanbul Basaksehir derrotou. o Manchester United pelo mesmo placar

04/11/2020 21h10 Atualizada há 1 mês
Por: Redação Fonte: F1
Foto - Rede Sociais
Foto - Rede Sociais

Sem poder contar com Neymar e Mbappé, o Paris Saint-Germain se complicou na Liga dos Campeões da Europa. Nesta quarta-feira, na reedição das semifinais da temporada passada, perdeu por 2 a 1 para o RB Leipzig, na Alemanha, de virada, sofrendo a segunda derrota em três jogos no Grupo H.

SITUAÇÃO RUIM

A situação do PSG só não é pior porque o Istanbul Basaksehir derrotou o Manchester United pelo mesmo placar, em casa, no outro jogo do dia da chave. Ainda assim, o time francês está com apenas três pontos, assim como a equipe da casa. E ficou atrás do clube inglês e do RB Leipzig, ambos com seis.

Mesmo sem poder contar com os dois principais jogadores de ataque, o PSG teve bom desempenho ofensivo no primeiro tempo graças ao bom entendimento entre Di María e Kean, mas falhou ao desperdiçar um pênalti quando estava em vantagem de 1 a 0 com o argentino, que havia aberto o placar.

E ainda teve dois jogadores expulsos na etapa final, um deles, Kimpembe, que cometeu o pênalti que determinou a virada do RB Leipzig.

ERROS NA DEFESA ALEMÃ

O time alemão, aliás, cometeu muitos erros na defesa, principalmente no primeiro tempo. Mas compensou isso como um ataque poderoso e vertical, que o levou a reverter o início ruim na partida, devolvendo a derrota sofrida em uma etapa mais avançada na última edição do torneio. E também foi uma resposta após ser goleado por 5 a 0 pelo United em seu compromisso anterior na Liga dos Campeões.

Em 24 de novembro, pela quarta rodada do Grupo H, o PSG receberá o RB Leipzig na França, enquanto o Manchester enfrentará o Istanbul Basaksehir na Inglaterra. Já no próximo sábado, o PSG voltará a atuar pelo campeonato nacional, recebendo o Rennes.

DESFALQUES NO PSG

Diante de um RB Leipzig sem sequer um jogador alemão na sua escalação, o PSG precisou lidar com muitos desfalques. Afinal, além de seus dois maiores astros - Mbappé e Neymar -, lesionados, também não tinha Bernat, Draxler, Icardi e Verratti. Ainda assim, conseguiu fazer um primeiro tempo empolgante, pela postura ofensiva dos dois times.

Da parte da equipe francesa, muito disso se deveu a Di María e Kean. Foram eles que aproveitaram vacilo de Upamecano para colocar o PSG em vantagem logo aos seis minutos. O italiano roubou a bola e rolou para o argentino, que marcou com um toque de classe.

DÍ MARIA PERDE PÊNALTI

Eles também chegaram com perigo aos oito, em chute do argentino que foi travado pelo zagueiro francês, que havia falhado no primeiro gol e cometeria pênalti depois, quando a bola bateu no seu braço. Só que aí Gulácsi defendeu a cobrança de Di María. O argentino e Kean ainda marcariam um gol cada no primeiro tempo, mas ambos foram anulados por impedimento.

Apesar do alto volume da dupla do PSG, o RB Leipzig estava longe apenas de se defender. E se errava bastante atrás, também era perigoso na frente. E quando isso acontecia quem trabalhava era Navas.

ATUAÇÃO DE NAVAS

Ele parou finalizações perigosas de Haidara e Forsberg, mas acabou sendo vazado antes do intervalo. Aos 41 minutos, Nkunku recebeu passe de Angeliño na meia-lua e bateu no cano direito, igualando o placar. E a virada quase veio em disparado de Dani Olmo aos 44.

A partida seguiu lá e cá na volta do intervalo, com Forsberg e Kean suplantando as defesas adversárias ainda que falhando nas finalizações. Aos 11, porém, o sueco se deu melhor. Após a arbitragem consultar o VAR para marcar pênalti após corte de Kimpembe com o braço, ele cobrou pênalti, determinando a virada da equipe alemã.

EXPULSÃO

A situação do PSG se complicou aos 23 minutos, quando Gueye foi expulso. Com um a menos, o RB Leipzig não correu mais riscos e perdeu uma chance clara com Nkunku. Nos acréscimos, Kimpembe ainda evitou o terceiro gol do time alemão, mas foi expulso, não conseguindo evitar a derrota do PSG para o time que havia eliminado nas semifinais da Liga dos Campeões na temporada passada.

GRUPO F

Também nesta quarta, o Borussia Dortmund só precisou de um tempo para assumir a liderança do Grupo F. Com dois gols de Haaland e outro de Thorgan Hazard na etapa inicial, derrotou o Brugge por 3 a 0, na Bélgica. Na Rússia, o Zenit marcou com Aleksandr Yerokhin, mas foi vazado por Felipe Caicedo e ficou no 1 a 1 com a Lazio.

Ao fim da terceira rodada, o Dortmund soma seis pontos, contra cinco da Lazio, quatro do Brugge e um do Zenit.

CONFIRA OS RESULTADOS DA 3ª RODADA

Lokomotiv Moscou

1

x

1

Atlético de Madrid

Shakhtar Donetsk

0

x

6

Borussia Mönchengladbach

Red Bull Salzburg

2

x

6

Bayern de Munique

Real Madrid

3

x

2

Internazionale

Manchester City

3

x

0

Olympiacos

Porto

3

x

0

Olympique

Midtjylland

1

x

2

Ajax

Atalanta

0

x

5

Liverpool

Zenit

1

x

1

Lazio

Istanbul Basaksehir

2

x

1

Manchester United

Chelsea

3

x

0

Rennes

Sevilla

3

x

2

Krasnodar

Club Brugge

0

x

3

Borussia Dortmund

Barcelona

2

x

1

Dínamo de Kiev

Ferencvárosi

1

x

4

Juventus

RB Leipzig

2

x

1

PSG

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Paulo Afonso - BA
Atualizado às 15h11 - Fonte: Climatempo
36°
Poucas nuvens

Mín. 22° Máx. 36°

36° Sensação
20.2 km/h Vento
27.9% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (06/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Segunda (07/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 36°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias