Quinta, 06 de Maio de 2021 06:32
75 98891-2472
Brasil ‘Operação Immobilis’

MP oferece denúncia contra seis investigados e requer prisão preventiva de dois envolvidos na organização criminosa.

Após as inúmeras fraudes imobiliárias ocorridas no Estado do Piauí, por meio das decisões decretadas pelos magistrados integrantes do esquema criminoso, foi decretada a aposentadoria compulsória do juiz Cícero Rodrigues Ferreira Silva.

23/04/2021 17h28 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Fonte: Cecom/MP
O juiz aposentado Cícero Rodrigues Ferreira da Silva, que atuou na comarca de Canto do Buriti-PI, prisao em 2016 aposentadoria compulsoria agora.
O juiz aposentado Cícero Rodrigues Ferreira da Silva, que atuou na comarca de Canto do Buriti-PI, prisao em 2016 aposentadoria compulsoria agora.

O Ministério Público estadual, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco), denunciou nessa quinta-feira (22), seis pessoas envolvidas na ‘Operação Immobilis’, que foi deflagrada em 2016 pela Institutição. A operação desarticulou uma organização criminosa que simulava a presença de pessoas em ações das quais eram emitidas ordens judiciais cancelando a hipoteca de imóveis, o que permitia a transferência destes para alguém do grupo criminoso ou a comercialização para terceiros de boa-fé. Foram denunciados o casal Adailton Maturino dos Santos e Geciane Souza Maturino Dos Santos; o ex magistrado do Tribunal de Justiça do Piauí, Cícero Rodrigues Ferreira Silva; a advogada Emanuella Moraes Lopes; além do colaborador Frede Brito De Andrade; e o beneficiário Neivson Fernandes Barreto.

O Gaeco requereu ainda a prisão preventiva do casal Adailton Maturino dos Santos e Geciane Souza Maturino dos Santos apontados como os articuladores dos processos fraudulentos no Estado do Piauí. “O casal Adailton Maturino e Geciane Souza pertencem ao núcleo delitivo central, permitindo, com sua atuação, a ocorrência dos graves crimes por meio da captação de magistrados corruptos, que, de maneira reiterada, e por longos anos, lograram êxito em gerar insegurança oriunda de práticas criminosas contra o sistema notarial de registro de imóveis do Brasil”, destacaram os promotores de Justiça do Gaeco. 

No documento, o MP requereu também a decretação da indisponibilidade de ativos, no valor de R$ 2,2 milhões, em relação ao patrimônio dos denunciados, com exceção do colaborador Frede Brito De Andrade, para reparação dos danos causados às vítimas e instituições financeiras lesadas. De acordo com os promotores do Gaeco, os investigados atuavam, em parceria com o ex magistrado, simulando a presença de pessoas em ações judiciais, das quais eram emitidas ordens judiciais cancelando a hipoteca de imóveis, o que permitia a transferência destes para alguém do grupo criminoso. Esta ação gerava um novo documento no cartório de registro de imóveis, sem nenhuma hipoteca, o que permitia a comercialização dos mesmos para terceiros, em sua maioria de boa-fé. 

Após as inúmeras fraudes imobiliárias ocorridas no Estado do Piauí, por meio das decisões decretadas pelos magistrados integrantes do esquema criminoso, foi decretada a aposentadoria compulsória do juiz Cícero Rodrigues Ferreira Silva.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Paulo Afonso - BA
Atualizado às 06h20 - Fonte: Climatempo
22°
Poucas nuvens

Mín. 22° Máx. 31°

22° Sensação
17.9 km/h Vento
92.9% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (07/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens
Sábado (08/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 33°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias